A Vida parada que anda voando

Categories: Cala-te, Top Stories
A Vida parada que anda voando

-Parou…?

 

-É..parei…
 
-Por quanto tempo você ainda vai continuar assim…parada…?
 
-Não tenho a menor ideia….faz tempo que estou assim?
 
-Pergunta difícil de responder…afinal quem sou pra saber se o tempo é muito ou pouco pra o sofrimento que você esta vivendo…
 
-Algumas pessoas,acham que sabem…
 
-Sabem o que?
 
-O tempo da dor passar e  eu seguir o caminho…elas acham que meu tempo já chegou…alias algumas pessoas achavam que 7 dias depois do acontecido já era tempo…
 
-Interessante..como as pessoas sabem muito sobre os outros e quase nada sobre elas…
email
O grito

O grito
…Não quero ser  modelo,inspiração e exemplo de superação para outras mães,pelo contrario quero que as mães que perderam os filhos como eu,deixem cair as mascaras que a sociedade impõe que agente use,para parecermos fortes, cheia de fé e esperança nesses momentos trágicos…Perder um filho nos dar o direito de ser ridícula,fraca e ter medo do futuro…assim com nos dar o direito de comer uma barra de chocolate no lugar do almoço e outra no lugar  do jantar…me sinto muito bem com minha alma nua…sem posses…descabelada…louca…sem obrigação de cumpri um roteiro que a sociedade escreveu, e espera que mães dilaceradas com eu represente….já disse…SOU UM VULCÃO EM ERUPÇÃO….que come chocolate as 6 da manha sem culpa…e ao invés de agua, coca-cola… não espere de mim coerência nem bom senso…me deixe viver minha dor e minha loucura da minha forma…não dite o tempo,nem mostre o caminho que você não conhece…há única coisa que espero de você é que não espere nada de mim… mesmo assim ME AME INCONDICIONALMENTE….nesse momento de estranha loucura.
Perder um filho,não é como perder um emprego,ou ser abandonada pelo amor da sua vida…perder um filho não é como perder uma mãe,um pai,ou irmão,pois a vida vai seguir mesma apesar dessa perda…perder um filho é perder você mesmo….de forma definitiva…você nunca mais vai se encontrar…
Não peça pra eu seja forte,pra que eu tenha fé em Deus,não diga que ele sabe o que faz…não queira me ensinar como lidar com Deus nesse momento…a forma correta de lidar dar com Ele,é sendo verdadeira,abrindo meu coração irado e magoado,mas,sem nunca perder o respeito ou blasfema-lo,a forma correta o Espírito Santo me mostrará…há cura do meu luto somente o Espírito Santo de Deus poderá fazer…
Não impeça que eu chore quando eu quiser,a hora que eu quiser,da forma enlouquecida que eu quiser…nada do que você possa me dizer nesses momentos vai fazer efeito…então não diga nada….só diga “estou aqui e te amo”..não procure entender,e procurar respostas pra minha dor…você não achará…quando ela for dada vai ser dada diretamente do coração de  Deus ao meu coração,em uma linguagem que só quem perdeu um filho poderá entender…
Não tenha medo de falar o nome do meu filho ou de falar sobre ele…ele não é uma fantasia,um sonho ,ou um pesadelo…ele é real,como os outros filhos que tenho…ele só estar morando em outro lugar,em um lugar tão longe,mas,tão longe,que ainda não sei quantos dias,meses,anos vou ter que caminhar pra chegar nesse lugar…lugar esse que invejo… pois  o terá mais tempo do que eu tive…é isso mesmo…eu tenho inveja do céu onde ele mora agora,pois lá ele ficará uma eternidade…e no meu ventre ficou só 8 mesese aqui na terra 6 dias…ah como te invejo céu….tu é a grande morada de quem morava antes em meu ventre e eu pensei,planejei e sonhei que moraria também na minha casa…
Entendo que as vezes você se canse,da minha instabilidade,que você se canse de me ver falar quase sempre sobre a mesma coisa…entendo que você queria sair por ai comigo,rir,viver a vida um pouco,mas,espero que você entenda,agora não é sobre você é sobre mim….e assim como me dou o direito de viver de coca-cola e chocolate me permito ser egoísta e pensar só me mim,na forma que encontrei de sobreviver,sendo ela certa ou louca…
Não se constranja se eu quiser chorar…não fuja e não tenha medo…quando chegar o tempo de voltar a viver e continuar do ponto que parei…eu saberei….e voltarei…ou talvez jamais voltarei…simplesmente decida não voltar…por favor me ame mesmo se eu escolher estacionar…parar…e ficar pra sempre aqui…não condicione o seu amor ao meu desempenho na vida…
Há mães que passam 1,2,5,10, anos para recuperar da perda de um filho…..e há outras que passam a vida inteira sem nunca conseguir se reestabelecer…ainda não sei em que grupo estou…e tenho conhecido varias mães que estão em grupos diferentes,mas,há uma coisa em comum em cada  uma de nós…
o grito preso na garganta pelo direito de escolher a forma,o tempo de viver nosso luto…todas nós mães que perdemos os nossos filhos,gostaríamos que nos fosse dado o direito de viver isso da nossa forma…gostaríamos que os amigos,os familiares e muitas vezes os maridos paracem de nos pressionar pra seguirmos em frente,quando ainda não estamos preparadas ou simplesmente não querermos seguir…
Por favor…por amor…nos deixe viver  a nossa dor e nosso luto,não nos pressione…não nos cobre,não pense que você entende nossa dor…,até mesmo se você tiver perdido um filho,você pode sentir isso de forma diferente…então…me escute mundo…simplesmente nos AME…e deixe que o tempo e Deus cuide do resto…
O Divã e a ausência de cores

…Pois é….conversei com meu psiquiatra…que palavra difícil de escrever e viver…. psiquiatra…quem fui eu….hoje tenho psiquiatra…tenho até vergonha de mim…vergonha de não ter mais controle sobre minha mente e emoções ,mesmo que isso seja temporário…mas,isso não estava nos meus planos….além do psiquiatra tenho terapeuta,onde fazemos terapia do luto,levei para os dois minha vontade de usar preto,por vários motivos,entre eles dois mais importantes…o primeiro é que essa é a cor da minha alma no momento,as cores no meu corpo são mentirosas e falsas e eu sou cheia de defeitos,mas,sou autentica,e quero viver como tenho me sentido….o outro motivo é pra homenagear o meu pequeno menino…pra dizer …”Lindo mamãe ta de luto,de corpo,alma e coração”…Esse é meu tempo de viver isso com ele e pra ele…
…Eles não acham que estou louca,alias sempre me falaram que durante todo o processo de luto vou me sentir louca em algumas ocasiões o que é normal nessas circustancias…os dois concordam que posso ficar usando preto até quando começar a sentir minha vida clarear…pois é…na realidade não sou fã de preto,mas,meu coração quer muito ficar de luto,daquela forma antiga,do tempo dos nossos avós…de preto…
…por favor,meus amigos,familiares nao me  julguem,vocês me conhecem e sabem com sou intensa na alegria e na dor…..e nessa dor quero ir até o fim…viver todo meu luto como sinto no coração…..,..e quando eu voltar a vida real,volto com a mesma intensidade que estava quando estava no escuro,só que nesse caso cheia de cores….e vida..porque mesmo apesar de tudo sei que Deus vai me curar…ainda não sei como,nem quando ,mas,ele vai me curar….vou voltar a ter cor…mesmo que pra sempre eu  tenha no meu coração um grande ferida que jamais vai se cicatrizar…
Para Betty com carinho…

Minha amada amiga Betty,que tem deixado quase sempre comentários carinhosos e de força nas minhas portagem me deixou esse que  chamou especialmente minha atenção
Cassia,

 

Chega. Coloque um basta e reaja.Procure um tratamento medico se for preciso.Mas reaja. Pra tudo se tem solução na vida. Então busque a solução.
Respeite sua DOR*, mas não a alimente, por que ela crescera e tomara conta da sua vida como esta acontecendo..Só voltarei a te escrever quando vc querer viver.
Fique com DEUS e não se isole no seu mundo de dor…neste mundo existem milhões de pessoas em situcaoes lastimáveis..

Fique com DEUS..e que tudo de certo pra vc…isto e o desejo de sua família e seus amigos.

Betty

Entendo e respeito perfeitamente a intenção dela e te tantas outras pessoas que me falam exatamente esse tipo de coisas,sei que todos falam por amor,mas,nenhuma pessoa que passou por isso que tenha perdido um filho, me aconselha assim,tenho tido contando com dezenas de meninas que estão sofrendo o mesmo que eu…e talvez só nos sabemos que infelizmente  essa situação não funciona assim…não é a força de vontade que me fará voltar a vida..
Você me conhece Betty,somos amigas e estivemos juntas em momentos felizes,onde esbanjamos saúde e felicidade e até curtimos sua bariguinha de gravida….você e todos que me conhecem sabem como sempre fui optimista e dei a volta por cima  e destrui tantas pedras que apareceram no meu caminho nesses 38 anos de vida…mas,agora não são pedras,são montanhas e não poderei quebrar,tenho duas opções,escalar, e ela é altíssima e perigosa,ou  dar a volta  ao redor dessa montanha,para não enfrenta-la e fugir a minha vida inteira….e você sabe..sou do tipo que escala,mas,agora não tenho força pra isso…estou sentada na beira da montanha vivendo minha dor….e tentando encontrar uma forma de escalar,pois sei que vou cair e voltar ao chão muitas vezes…acredite ainda não é tempo,posso despencar por falta de preparo e nunca mais me levantar…
Você me aconselha a procurar ajudar medica…poxa minha linda se eu procurar mais ajuda medica do que tenho,eles vão ter que me internar…em um sanatório….veja :
  1. Tenho indo semanalmente a DOIS psiquiatras diferentes
  2. Uma Vez por semana vou a uma psicóloga
  3. Uma vez por semana faço com minha família  Grief therapy (terapia do luto)com uma equipe de terapeuta especializada em famílias que perdem filhos  de até 5 anos de idade,
  4. Estou tomando 3 tipos de antidepressivos,1 remédio para crise de ansiedade e 1 calmante
  5. Tenho vários pastores e pessoas orando por mim…e vários amigos que assim como você também tem intercedido a Deusa meu favor…
Alem disso participo de um grupo de mulheres que perderam seus filhos,ainda bebes,com eu,lá entendemos extamente o que a outra sente e dividimos nossas dores e ajudamos uma as outras a viver um dia de cada vez,pois sabemos que o processo é longo e doloroso…
Não estou parada,estou buscando tratamento psicológico,físico e espiritual….mas,só o tempo nos trará as respostas e as curas que busco agora….ninguém mais que eu deseja voltar a vida e superar esse capitulo e começar a escrever outro….acreditem…
Pois è  Betty linda…acho que ajuda tenho buscado pois quero sim,voltar a viver,nunca,nunca e em nenhum momento pensei em deixar de viver…não tenho tendência para o suicídio…realmente essa nunca foi uma opção na minha cabeça,nem por um segundo…primeiro sei que só Deus pode tirar minha vida e depois jamais deixaria meus filhos sozinhos nesse mundo levando com eles a dor que tenho levado pela morte da minha mãe e agora do meu filho….vou proteger meus filhos sempre das dores que a vida me deu…sempre que estever ao meu alcance,pois sei que as decisões de Deus pertencem a ele…e quanto a isso apreendi com muita lágrimas que nada posso fazer..Ele decidi..Ele comanda…
Então minha amiga e tantas outras que pensam como você,me recuperar não é um passo de magica….não se passaram nem 2 meses do acontecido e sei que ainda vai levar muito pra me recuperar e confesso que não estou com pressa,apesar de estar cansada de ser infeliz,sei que preciso viver esse luto…no mais profundo,da forma que minha alma deseja,ou como disse  minha psicóloga,se eu não viver esse luto,ele vai voltar la na frente,quando eu estiver achando que superei vou desmoronar de novo…então vou viver tudo isso o tempo que for necessário pra mim…minha terapeuta disse esses dias que tem certeza que vou me recuperar,pois ela já viu e tratou muitas pessoas como eu,e depois de um tempo elas voltaram a vida….6 meses…1 anos…2 anos…depende de cada um…mas,ela me disse que quando se perde um marido,uma mãe,um pai,irmão…um dia superamos e a vida segue…ate casamos de novo,mas,a perda de um filho é  a unica que sempre vai ficar ali…não via passar…o que precisamos é aprender a “funcionar” voltar a vida mesmo com esse buraco….
Lamento que você já tenha se cansado da minhas dores e reclamacoes e que não vai mais me escrever, só quando eu melhorar…gostaria de melhorar amanha..alias..hoje agora…mas,minha amiga ainda não dar…você sabe eu sou um tipo verdadeiro,intenso…não vou fingir que superei,que esta tudo bem,se não estar…decidir que nesse processo,eu que sempre estive pra meus amigos,ajudando eles em momentos dificies,aconselhando,incentivando,não farei um bom tempo nada por ninguém,não tenho vergonha de ser egoísta e dizer “nesse momento é sobre mim,minha dor” eu que preciso de você,de ajuda,da sua tolerância e compreenção..talvez se todos lessem um pouco sobre a terapia de luto,sobre a perda de um filho como afeta uma vida,não me pressionaria a chegar em um lugar que ainda não posso chegar…
Entendo que tudo que vocês fazem é por amor e achando que estão me ajudando,mas,ao invez de me ajudaremr vocês,fazem meu coração disparar e me mostram quanto fraca eu sou….
Então minha querida amiga,mãe da Julie,digo a você o que tenho dito a tantos outros amigos…
DO SEU AMONÃO DESISTA DE MIM…EU PRECISO DO SEU AMOR E DA SUA PACIÊNCIA,NOS MEUS ALTOS E BAIXO MOMENTOS…

 

Aqui no aniversário da Lisa,Você,Lisa,eu,Mabel,Cláudia e Joelma

Tenho certeza que um dia vamos novamente juntas,estampar esse BIG sorriso nos nossos rostos…sorrisos vindo da alma…..como foi nessa noite….

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Plugin dos mesmos criadores deBrindes :: More at PlulzWordpress Plugins