Viver com a morte ou a vida voltar

Viver com a morte ou a vida voltar
Fiquei alguns dias exilada em mim mesma…muitos dias….nem sei mais sobre o tempo….ele não tem mais tanta importancia…só se retrocedesse…mais o tempo não para…mesmo que eu tenha parado…
Amo poesia e escrevo desde…ah..tambem não sei sobre o tempo..desde de quando …estou tão perdida confusa…mas,no exilo que tenho vivido,escrevi esse poema,  INSPIRADAnos sentimentos  contraditórios ,de querer morrer e a necessidade de viver,que toma conta de nós, mães, quando perdemos um filho. (mais…)
email
A Vida parada que anda voando

Categories: Cala-te, Top Stories
A Vida parada que anda voando

-Parou…?

 

-É..parei…
 
-Por quanto tempo você ainda vai continuar assim…parada…?
 
-Não tenho a menor ideia….faz tempo que estou assim?
 
-Pergunta difícil de responder…afinal quem sou pra saber se o tempo é muito ou pouco pra o sofrimento que você esta vivendo…
 
-Algumas pessoas,acham que sabem…
 
-Sabem o que?
 
-O tempo da dor passar e  eu seguir o caminho…elas acham que meu tempo já chegou…alias algumas pessoas achavam que 7 dias depois do acontecido já era tempo…
 
-Interessante..como as pessoas sabem muito sobre os outros e quase nada sobre elas…
Sendo verdadeiro,que seja agora Real….

Sendo verdadeiro,que seja agora Real….
Brasilia,08 de maio  2027

Pois é Cássia,encontrei com  seus filhos, Vick,Chris e o Oliver caminhando pelo parque da cidade ontem…Poxa…foi impossível não lembrar de você…o quanto você amava caminhar nas manhãs de domingo naquele parque no centro de Brasília,as vezes com a Paula,outras vezes pra tomar agua de coco com a Taninha…e  em outros momentos rolando na grama fazendo piquenique você,Vick,Herika e a Helenice…preciso dizer que me deu uma saudade de você minha linda…mas,deixei esses pensamentos nostálgicos de lado,pra acompanhar bem de perto a conversa da Vick com seus  irmãosinhos…A Vick ficou linda…que mulher…acho que esta com  30,32 anos…bem resolvida….esta realmente muito bem, hoje trabalha na empresa que ela sempre sonhou quando ainda morava com você la na Florida…no google lembra? e se  formou em marketing e publicidade…comprou um lindo apartamento,carro do ano quitado,bem humorada e além disso de  tudo esta noiva de um homem muito especial e tem Jesus com Senhor da sua vida….parece um sonho…um sonho…espera um pouco…preciso respirar..deu vontade de chorar….tudo que você sonhou minha linda pra ela ela parece ter conquistado…você é o grande amor da vida dela..como ela te ama…isso é lindo né Rita…lindo….lindo…

Então continuando…a Vick,estava passeando e rindo muito com seus irmãos gemeos ,caminhando entre o verde das arvores e a grama…conversando sobre tudo….e pude ver com os meninos cresceram..gente…um rapagões..altos..bonitos….com o corpo do pai e a cara e pele bronzeada da mãe..como você costumava dizer…issso é pra eles não se esquecerem das suas raízes lá do Piaui…rss…você sempre foi muito engraçada Ritinha..desculpa..desculpa…sei que você odeia quando te chamo assim…mas,adoro irritar você…e ver ate na sua irritação um sorriso…
Não sei se calculei bem,mas,acho que eles estão com uns 15,16 anos né…adoram o Brasil,como o pai…parece que pelo que entendi agora depois que terminarem o segundo grau aqui no Brasil vão fazer faculdade lá nos Estados Unidos…isso eu ouvir do Stuart…agora aposentado…tranquilo…vai ficar entre aqui e lá pra acompanhar essa nova etapa dos meninos….
O domingo parecia animado e feliz,mas,um dos meninos,não me lembro bem agora qual…pois era muita emoção…fez de novo aquela pergunta…A  Vick sempre abraça eles fortes antes da resposta e ela até achava que eles não voltariam a essa pergunta de novo…,mas,você sabe eles,sempre voltam…ora o Chris,ora o Ollie…

 

E lá mais uma vez a Vick foi explicar tudo…sentaram embaixo de uma árvore linda…vendo aquele céu que só Brasília tem….o Ollie colocou a cabeça na perna esquerda da Vick e o Chris na direita…e ficaram os três ali..sentados embaixo daquele  verde..enquanto a Vick contavam pra eles mais uma vez a historia e passava as mãos nos cabelos deles….Vick até lembrou nessa hora que você costumava dizer que Jesus gostava de passar as mãos nos seus cabelos assim…a Vick não te esquece e se orgulha muito de você…
…Ela sempre chora quando começa a falar,mas,sempre diz a eles do orgulho de te-la como mãe..e a Vick,que quando era criança,e ate em meados da adolecencia tinha pavor de falar em publico,hoje fala  bem como você…tem o dom da palavra…meu coração estava disparado…gosto de ouvir aquela historia de novo…apesar da saudades de você..Então  eu sentei do outro lado da árvore…onde podia ver os três…e participar daquele momento com eles…A Vick então começou…
…Bem,menininhos…num primeiro momento quando vocês nasceram Deus,disse a nossa “mammis”eu preciso de um de vocês dois…ou você ou o Ollie…minha mãe assustada,não entendeu…como precisa de um de nós dois pai? Ele respondeu…tenho uma missão…lembra que você me entregou sua vida Rita,consagrou seus três filhos a mim e me devolveu seu livre arbítrio?…sim paizinho…lembro e tudo que é meu é teu…,respondeu ela…Então filhinha,disse Deus,preciso levar pra morar comigo um de vocês…sua família são cinco…Stuart,Voce,Vick,Chris e Ollie…eu amo sua família…por isso escolhi ela pra uma missão muito especial..conheço vocês cinco..e sei que  é essa missão pode ser feita por você ou pelo Ollie….não que os outros não sejam capaz ou qualificados,mas,a cada um eu dei um dom e um talento diferente…Então,não quero mais ser acusado como você fez quando sua mãe morreu que eu era um ditador e tomava minhas decisões e não te consultava..então resolvi te consultar e te dar opção de mim da a sua vida ou a do Ollie,colocando em pratica seu direito de escolha,baseado no livre arbritrio que te dei…sinto muito minha filhinha…vai doer muito…mas,acredite em mim…é preciso…
….Então nossa mamis disse ….Paizinho acredito que o que tu tem em mente é o melhor pra nós,apesar de odiar isso,de odiar esse plano que vai separar minha familia…mas,se eu escolher ir com você,pra que o Ollie fique aqui na terra ,não será justo com a Vick e o Chris,eles podem acreditar que amo o Ollie mais que eles e crescerem com muitos traumas e problemas,essa solução não parece justa ao meu ver…eu não posso fazer isso…fazer dois sofrerem em sacrifício de um…ou salvar um com sacrifício de dois….Pai isso é demais…demais…Então nossa mãe chorou enlouquecidamente durante alguns dias…então Deus disse….se  você não pode decidi eu vou decidi por você…preciso decidi…então vou pelo meu plano original…Desculpa minha amada…me perdoa…e levou o Oliver…
…e Vick parou por um ,longo tempo…enquanto tentava controlar as lágrimas e esquecer aqueles dias terríveis que  viveram lá na Florida…o Ollie e Chris a abraçaram forte e os três choraram por um longo tempo…
…o rapaz que vendia sorvete então passou ali perto  e corri lá e comprei 3 sorvetes…você sabe eu sei dos sabores preferido de todos eles…chocolate,vanila e chocolate…então cheguei de mansinhos pra não assusta-los e  entreguei os sorvetes,apenas com um sorriso de cumplicidade….eles me olharam…pareciam que não entendia aquela minha presença ou de onde surgia aqueles sorvertes.mas,aceitaram…sorriram e agradeceram….e eu me afastei rapidamente…voltando pra meu cantinho onde podia ver-los e ouvi-los,sem que eles percebessem minha presença…
Então enquanto se deliciavam com os sorvetes a Vick continuou a conversa…
Bom…então no dia 06 de abril de 2011, Deus levou o Ollie…meninos não vou entrar nos detalhes desse dia..vocês sabem…bom com o passar dos dias…nossa mãe foi ficando cada vez mais depressiva,indo a muitos médicos,fazendo terapia,tomando muitos remédios e não encontrava sentido mais na vida…nossa mãe era do tipo que era feliz e sabia..gostava da vida,foi feliz mesmo diante de tantas coisas que ela teve que enfrentar…só deixou de ser feliz com a morte do Ollie…ela começou há perceber que não tinha saída,que tinha feito a opção de ficar por não achar justo comigo e o Chris,mas,percebeu que era impossível ser feliz sem o Ollie e que não parecia justo que ele não tivesse suas proprias oportunidades na vida…ela viu que os 38 anos que ela viveu ela foi feliz,sonhou,realizou,acreditou na vida e marcou o coração de muitas gente,amou e foi muito amada…mas,agora ela se via na metade da sua vida e não via chance de ser feliz…seu coração estava destruído…e que ela que já perdeu a mãe o o filho viu claramente que quando se perde uma mãe a vida continua,mesma que agente sinta muita falta…veja eu…fui pra faculdade,viajei o mundo,conheci lugares diferentes, pessoas e culturas diversas,e sou uma mulher de sucesso na vida,me considero feliz,mesmo diante da saudade que sinto dela…ela me disse que sofreu muito quando a mãe dela morreu,mas a vida dela seguiu,ela casou…teve 3 filhos lindos..mas,agora com a morte do filho,mesmo nos amando parecia impossível continuar…
…Então ela pensou… já fiz o que tinha que fazer na minha vida nesses 38 anos de idade….agora sinto que já não consigo avançar..mas,pra o Oliver ainda dar…ele vai crescer cheio de vida  e de alegria,o Oliver e o Chris seram dois homens de sucesso…então é melhor Deus me levar e deixar o Ollie…ele ainda poderá ser muito feliz..todos os meus filhos ainda terão chances de serem felizes…ela já não tinha…então ela reuniu Deus,eu,Chris e o Stuart…e expor o como ela se sentia e o que tinha em em mente…
Você Chris,parecia não entender nada..sugava aquela sua chupeta com um desespero….mas,olhava atentamente pra mamis,parecendo concordar com ela…o Stuart chorava muito e achava tudo uma loucura e não sabia que posição tomar…pois ele achava que ele que deveria morrer e mamis e o Ollie ficar,mas,Deus havia deixado a escolha entre mamis e Ollie…Eu…que tanto ouvia minha mãe contar a historia que um dia me arrancaram dos braços dela,agora estava vendo arrancarem minha mãe dos meu braços…foi horrível,mas,ver minha mãe morrer um pouco a cada dia pela falta do Oliver estava impossível de suportar…
…Não adiantava argumentar…minha mãe..tinha vivido os dois lados…o de perder uma mãe e de perder um filho…e mesmo depois da dor da perda da mãe ela ainda foi muito feliz…mas,agora ela sabia que não sobreveria sem o Ollie…
…E foi então assim que terminou o inicio da historia de vocês…Deus levou nossa mãe,devolveu o Oliver
…foi muito difícil,mas,nossa mãe estava tão feliz que não sentimos 10% da dor que ela sentia todos os dias pela morte do Oliver…
Nos anos seguintes eu fui pra faculdade em outra cidade,Stuart ficou alguns anos cuidando de vocês e depois veio morar em Brasília como tinha planejado com mamãe…depois ele casou,com um amiga de infância de nossa mãe,que nunca teve filhos e criou vocês como filhos…a “tia Mairam”e os criou muito bem….olha que meninos lindos,saudaveis,inteligentes e educados …um orgulho para todos nós…(Snakk…ouvir o estalar de um longo beijo dado pela Vick na bochecha deles)
..Sabe meninos…acrescentou Vick…eu pode ver os dois lados da historia..a vida da minha mãe sem o Oliver e a vida com o Oliver e sem minha mãe..sinto muito falta da mamãe,ainda mais agora que vou me casar e ela iria adora dar palpite em tudo e querer fazer tudo do jeito dela…,mas,prefiro ter no meu coração a imagem da minha mãe feliz e bem resolvida do que ter que vê-la se arrastando pela vida depois que perdeu o Ollie…
…Acho que a decisão foi sabia,apesar de dolorosa…e alem disso o mais lindo e importante foi que ela que andava revoltada e magoada com Deus,fez as pazes com ele,pois afinal Deus deu a ela o direito de escolha…não saqueou a vida dela brutalmente com tinha sido na ocasião da morte da mãe dela…nossa mãe morreu feliz…ela era muito feliz..é só vocês olharem as fotos dela..impossível achar uma que ela estivesse chorando ou triste….por isso la naquele jardim de rosas colombianas vermelhas que estão as cinzas dela,tem aquele poster dela tão grande,tão perua,tão sorridente e tão feliz…Aquilo representa exatamente a mãe que tivemos…feliz por natureza….
…Hoje entendo que quando ela decidiu ir com Deus,ele fez o melhor pra todos nós..se ela ficasse ela seria uma morta-viva….e o Oliver tem um linda vida pra construir pela frente…
…Perdemos nossa mãe sim…mas,não perdemos um filho…e minha mãe sempre me falou que com a dor de perder uma mãe se conseguia viver mas,a dor de perder o filho mata,mesmo que você continue viva … e eu a via morrer mesmo estando viva todos os dias depois daquele fatídico dia…
Agora aqui estamos nós,meus lindos “brodinhos” somos felizes apesar de tudo…vocês também são adolescentes felizes sem traumas e com uma ligação forte e intima com Jesus…pois ela sempre me dizia que a maior herança que ela iria deixar pra nós era  Jesus…e nós herdamos….somos herdeiros…sentimos falta dela,mas,sei que ela esta mais feliz lá do que estaria aqui….e que o Oliver tem um uma grande missão pra cumpri e muita felicidade pra viver,assim como o Chris…tenho certeza que ela tem orgulho de nós…
..Então o Oliver virou rapidamente e perguntou…”Espera ai não entendi…quem deu a vida por mim não foi Jesus?
…Sim…respondeu Vick
…mas,nessa historia parece que foi minha mãe…??
..Não meu lindinho…mamãe não deu a vida por você,ela não é santa e nem queria ser vista com salvadora…o salvador é Jesus…ela simplesmente participou de um processo de decisão de Deus pra nossas vidas…ela ficou muito feliz por ter tido a oportunidade de escolher…de usar o livre arbítrio de ter um pouco de controle sobre sua vida…ela ficou feliz por Deus ter incluindo ela no processo de decisão…e feliz tambem porque aquela imagem do Deus ditador que ele tinha quando ele levou a mãe dela e  você  já não existia mais…tinha se apagado…ficando a de um pai que discute nas reuniões de família o que é melhor pra todos e toma as decisões juntos…
..E agora o Chris levantou assustado e perguntou…mas,sis,se eu contar essa historia pra meus amigos eles não vão   achar que sou louco…que nada disso é real…?? não parece ter sentido o Oliver ter morrido e depois trocado de lugar com a mamãe??
…Vick,sorriu respirando profundamente e disse…sim..acho que vão achar que você é louco sim…
O Oliver então disse…e agora?…o que fazemos…???
Vick então olhou eles nos olhos e disse,não se preocupem com isso…o importante é vocês e o mundo entenderem a moral da historia…
…Então,pediu Vick.. Chris,Ollie digam aqui pra sua “sis” qual a moral dessa Historia?
 …E do outro lado da árvore,ouvir seus dois menininos falarem…juntos…meio que gritando….como em um coro…
“NADA É IMPOSSÍVEL PRA DEUS,ELE PODE MUDAR NOSSA HISTORIA NA HORA QUE ELE QUISER,DA FORMA QUE ELE QUISER…BASTA ELE QUERER”
….e a Vick olhou pra o céu mais uma vez e pensou em quantas vezes sua mãe já tinha dito essa frase pra ela…e o quanto  aquela menina-mãe chamada Rita,acreditava nisso…
…E desejava que aquilo,sendo VERDADEIRO…fosse REAL….

Nossa foto no dia que voces nasceram,mamis,stuei,Chris,Ollie e euzinha…01-04-2011

“NADA É IMPOSSÍVEL PRA DEUS,ELE PODE MUDAR NOSSA HISTORIA NA HORA QUE ELE QUISER,DA FORMA QUE ELE QUISER…BASTA ELE QUERER”

       …ahh…entendi….entendi….SENDO VERDADEIRO,QUE SEJA AGORA REAL…
SENDO VERDADEIRO,QUE SEJA AGORA REAL….
SENDO VERDADEIRO,QUE SEJA AGORA REAL….
SENDO VERDADEIRO,QUE SEJA AGORA REAL….
SENDO VERDADEIRO,QUE SEJA AGORA REAL….
SENDO VERDADEIRO,QUE SEJA AGORA REAL….
SENDO VERDADEIRO….
Eu sou uma farsa

…Hoje acordei especialmente de bom humor,desejei tomar banho e até lavar meus cabelos,cabelos esses que a ultima vez que tinha visto agua foi naquela noite de extra loucura,quando Lisa e Drica me deram banho…acho que há uma semana…hoje sentir que podia fazer varias coisas por mim mesma…tomar um demorado banho sem que a agua caindo na minha cara me sufocasse,sentir que podia lavar meus cabelos e até passar a prancha …poxa…depois de dois meses pela primeira vez passei prancha no meu cabelo e soltei ele…quando sair de casa ele hoje já não lembrava de uma faxineira em serviço,mas,uma faxineira no seu dia de folga…pela primeira vez em dois meses vestir uma roupa diferente,usei praticamente há mesma roupa e os mesmo chinelos durante esses  dois meses….hoje já que me sentia menos feia com o cabelo liso,resolvi colocar um macacão que adoro..preto… claro..por que mesmo apesar da disposição do corpo a alma continua preta….tentei ir mais longe e ate peguei um sapato alto,quem me conhece sabe o quanto amo salto alto e em outros tempos você só me encontrava de sandália de dedo ou de ténis se eu estive muito doente…até lembrei agora da minha amiga Joelma,que sempre diz que se for convidada pra vir aqui em casa tomar um simples chá de final de tarde,vai me encontrar de salto alto,vestida para um grande evento….pois é Joelminha eu pensei que a vida era um grande  e feliz evento…por isso me vestia assim…pra celebrar…Bom continuando…então depois de olhar meus “trocentos” sapatos altos,vir que não estada preparado pra eles…mas,já fiquei feliz em colocar meu macacão preto,com meu sapatinho oxford,meus cabelos ao vento…até batom coloquei….dois meses sem batom…bobagem fiquei umas duas semanas sem tomar banho depois do acontecido…então ficar sem batom não foi nada…
Assim me sentindo mais confiante,acreditando que o prozac  estava começando a fazer efeito,sair pela primeira vez pra minha terapia sozinha sem meu marido,a terapia do luto….o lado bom é que indo sozinha eu poderia falar mal dele a vontade…rsss….e alem disso eu estava trabalhando na minha independência pois semana que vem meu marido volta a trabalhar e vou ter que cuidar de tudo sozinha…nada mais de comidinha na cama e tudo mais que ele tem feito por mim…
Bem sair ate me achando bonita,apesar dos 10 quilos a mais…usei minha bolsa nova preta e fashion e quase feliz fui pra terapia…os momentos passados la com a Karen minha terapeuta foram otimos..eu entrei falando sem parar..aproveitei pra falar pra ela que eu tinha DDA,distúrbio de deficit de atenção,o que explicaria muitos problemas que tenho com meu  marido que é supre-hiper organizado….Bom,foi uma sessão proveitosa,falei muito,inclusive sobre minha vontade de usar preto,pelo luto,pelo protesto,pela greve que estou fazendo com Deus…ela não acha que sou louca,acha normal que me sinta assim e queira expressar nas através das  cores ou que esta dentro de mim,como tudo é bem recente ela acha que meu comportamento e crises são normais e só se tornaram problemas se daqui há um ano,dois eu ainda estiver na mesma…ai sim seria patológico…

Terminada a sessão,eu me sentia bem e louca pra voltar pra casa pra ver meu bebezinho gordinho,fofinho,estava com saudades dele,mas,resolvi parar rapidinho na livraria pra comprar um livro pra o Stuart sobre DDA,pois acho que ele precisa entender mais o que se passa na cabeça de alguém que não tem esse “filtro” que as pessoas ditas “normais” tem….(em outro posto fala sobre de quando descobrir que tinha DDA e tal e tal)….então la estou eu na livraria preferida da minha linda filha Vick,sentir saudades dela…depois sair a procura do livro que queria….na sessão de psicologia vir vários livros sobre o assunto….resolvi sentar no chçao com eu gostava de fazer em São Paulo no tempo que morei lá e meu passatempo predileto era ir ler livros de graça nas maravilhosas livrarias que só São Paulo tem…..ali sentada comecei a folhear e ler um pouquinho do que cada autor falava sobre DDA pra ver o que seria mais interessante pra meu marido….não sei exatamente porque e nem em que em dado momento,só sei que uma angustia começou a invadir meu peito….comecei a pensar em todos os meus sonhos de menina e que agora me achava uma farsa…sonhava ser atriz da globo,até fazia o papel de viúva porcina na escola…e acreditem era um sucesso….alem disso eu e minha irmã Merces escrevíamos peças teatrais pra apresentar no domingo na igreja….éramos artistas sim..rsss…e muito sonhadoras e talentosas…Bom,mas,o que me fez começar a chorar ali no chão da livraria foi talvez os flashes que vieram na minha mente….de um tempo que eu acreditava em mim,em conquistar,,,que eu lutava e nada acontecia..então descobrir que o DDA era a resposta pra muitos fracassos meus,pois nós que temos esse problema,começamos as coisas e nunca terminamos,pois somos impulsivos e perdemos o interesse muito facilmente pelas as coisas,gostamos de desafios,quando eles são vencidos ou antes desistimos e queremos “brincar de outra  coisa”…então ainda ali naquele chão com tantos americanos passando e me olhando estranho eu me dei conta de tantos sonhos,planos.descobertas e fracassos…me dei conta que eu pensava que tinha um futuro brilhante pela frente…mas,ali naquele chão vir que meu futuro chegou e não estava brilhando..estava preto….como  meu macacão,meu sapatinho.minha bolsa,meu óculos e minha alma….e ali literalmente no chão chorei por mim e por meu Ollie,que também foi um sonho que não se concretizou…um sonho…uma ilusão…
…Decidir correr pra casa e dirigir chorando desesperadamente,com saudade do passado quando eu sonhava e acreditava ,e odiando o futuro que se tornou presente mostrando que eu sou uma farsa…uma mentira…a menina chamada Rita saiu do sertão do Piauí,cheias de atitudes e sonhos e agora vivi nos Estados Unidos da América,não vivendo o “sonho americano”mas,a morte dos sonhos brasileiros e de um filho americano…
Ao chegar em casa….abracei meu marido desesperadamente e chorei por mim,chorei por Ollie,chorei por nós.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Plugin dos mesmos criadores deBrindes :: More at PlulzWordpress Plugins