Trocando o preto pelas cores- A RESPOSTA

email
Trocando as cores pelo preto -LUTO

Hoje acordei com saudades de mim…e ao mesmo tempo cansada do meu novo eu…acordei e por alguns momentos desejei invadir meu guardar roupa e tirar da escuridão as minhas roupas coloridas e cheia de vidas que estão escondidas no meu closet…desejei usar meu vestido amarelo….de cetim…com o cinto e sapato rosa…é já fui muito perua e feliz….minhas roupas sempre mostraram pra o mundo quem eu sou…ou era….não que não possa voltar a ser,mas,estou de ferias da felicidade e de tudo que considero vida…vida intensa…lembrei daquela roupa que usei no cruzeiro em Bahamas…bem minha cara…sentir saudades da minha ousadia…da minha felicidade sem motivo especifico..simplesmente felicidade por felicidade…
…Por alguns momentos achei que iria conseguir…corri pra o closet…estava lá tantas peças peruas e afetadas com eu….rsss…tanto brilho e tantos saltos altos que escondia meus traumas de ter um metro e meio de altura…
Depois de algum tempo parada olhando pra tantas cores,vi que nada daquilo parecia com esse meu temporário eu….se usasse qualquer dessa peças eu seria uma farsa…uma mentira…pois a felicidade estampada naquelas peças não estava mais estampada no meu rosto….ainda não…ainda não sei se meu riso saiu de ferias ou se se mudou de ver pra outra galáxia…só o tempo dirá…mas,estou só…sem a companhia do meu riso e alegria nata, estou nostalgia e postar umas fotos do tempo que ser feliz pra mim era simplesmente parte do sangue que corria na minha veia me fez pensar por alguns momentos que talvez um dia eu volte a ser um ser de cores…muitas cores….

…mas agora a cor que representa meu estado de espírito é o preto….o luto…vou trocar meu guardar roupa…vou tirar as cores e guardar e continuar com meu estilo de expressar através das minhas roupas o meu ser…nesse momento meu ser é triste,fúnebre…escuro…muito escuro…sei que serei questionada..vista como louca…as criticas viram de todos os lados,mas,pensem bem,vocês me conhecem e sabem o quanto sou intensa e verdadeira…então não quero mentir e fingir agora…quero que minhas roupas diga e lembre pra o mundo,sem que eu precise me explicar que estou de luto…que minhas roupas iram representar a cor da minha alma…pelo menos por enquanto…não vou queimar minhas roupas coloridas…mas,vou guarda-las…em algum lugar dentro de mim…
Até um dia cores….até um dia…me perdoem mas,agora não suporto sua luz e sua mensagem de felicidade…ela é falsa…e posso até estar enlouquecendo,mas,serei uma louca real…que aceita quem sou nesse momento….
“Sentirei saudades de você Rita…muitas saudades…mas,espero sua volta com muito brilho,luz e cor….por que você é isso…brilho,luz e cor…agora precisa se reinventar,sem perder sua essência….você acredita em milagres Rita?
…Por favor…não responda agora…deixe o tempo passar….eu espero você voltar…seja quando for..eu espero…simplesmente por que te amo…e preciso de você..’
O trio fatal

…Eu odeio a  companhia de vocês….a presença de vocês me sufoca e é impossível não chorar…odeio suas mãos segurando o meu pescoço,com tanta força que minha respiração quase para…odeio vocês terem feito morada dentro do meu peito…começaram apertando,depois  feriu meu coração e as vezes   vocês colocam vinagre e limão nesse corte que sangra…eu  imploro….se vocês ainda não conseguem me deixar,pelo mesmo me der um tempo,minha alma estar cansada de tanta dor…já estamos doente…nós três…o corpo,a alma e o coração…não quero que sua presença vire um câncer e termine de me matar…por isso preciso de uma trégua…vocês não faz parte de mim,da minha essência,mesmo apesar de estar em mim e ter o comando da minha vida e  minhas ações em suas mãos…as vezes quando começo a respirar,penso que por um instante vocês me deixaram,mas,logo  percebo que vocês agora correm nas minhas veias e dominam meu corpo,fazendo ele ficar gelado e tremer…em outras ocasiões vocês se alojam na minha mente e fico confuso e cansada e não consigo coordenar meus pensamentos…
Sei que vocês podem me matar,pois já tenho experiência com esse trio diabólico,sei que um dos fatores que levou minha mãe a morte foi a companhia de vocês durante muitos anos,a presença forte e inseparável foi um veneno diário na vida dela…e agora eu mesma tenha tomado doses diária desse veneno e as vezes até desce como se fosse agua…e esse é o pior estagio quando o corpo se acostuma com o veneno…
Sei que vocês não foram convidados a invadir minha vida,vocês vieram como conseguencia da tragédia que minha vida foi tomada…então me digam,por favor me digam,como faço pra vocês saírem,partirem,me deixarem??? eu estou cansada,exausta de ter vocês dentro de mim 24 horas por dia…preciso achar uma saída….preciso tirar da minha vida essa escuridão…ou vocês vão me matar lentamente,vou ter uma overdose desses sentimentos destrutivos…
Cheguei a minha exaustão….chorar tem levado o pouquinho da energia que tenho em certos momentos do dia…por favor…me digam como me livrar ,me curar ou simplesmente fugir…não posso  mais deixar vocês crescerem e criarem raizes dentro do meu coração …não  posso mais carregar dentro de mim os inimigos da  minha vida…A RAIVA, A DOR E A GRANDE TRISTEZA….

Riscos necessarios

…E os dias vão seguindo…fomos  a terapia do luto e gosto muito de ir lá….a terapeuta é muito boa,acho que finalmente achei um psicóloga que eu me sinto verdadeiramente a vontade…O bom é que a Vick também esta fazendo,só que ela faz separada de nós..pra que ela fique mais vontade e possa se abrir….sabe a Vick herdou poucas coisas de mim e certamente gostar de se abrir e falar de sentimentos e emoções não foi uma delas…Sabemos que nosso processo de recuperação é longo e cada um de nós tem um tempo e uma recuperação diferente…espero que com tantos remédios e com tanta terapia logo eu posso esta pelo menos “funcionando” já que voltar a viver deve demorar mais…
Por falar em funcionar acho que hoje até funcionei bem…fui ao salãoo com Vick fazer a sobrancelha dela,ai decidi fazer a minha pois estava parecendo um bicho…é estranho por que quando a moça começou a fazer sentir falta de ar…queria levantar da cadeira e sair correndo,mas,respirei fundo e aguentei até o fim…logo depois quando voltamos pra casa o Stuart estava nos esperando pra irmos comprar um carrinho pra o Chris,que estava vestido com uma roupinha vermelha linda,agora outro desafio,voltar na loja que passei 8 meses indo comprar o enxoval deles….respirei fundo e fui pratica e rápida nas escolhas(normalmente gosto de curtir e pensar muito na hora de comprar) e rapidamente saímos da loja… ufa…bom  vencido esse desafio,a Vick me propôs outro,irmos jantar fora…sair pra comer…ver gente…e até sorrir..me angustia…mas,a Vick e Stuart mereciam uma pausa nisso tudo…há dias que ele me convida pra ir em um restaurante  brasileiro que tanto gostava de ir na gravidez,mas,nao estou pronta pra volta la e ouvir as pessoas perguntarem pelo outro bebe…isso vai ser inevitável e sei que durante algumas ocasiões da minha vida terei que enfrentar essa pergunta…acho que vou fazer um cartaozinho com a resposta,ai só entrego pra pessoa  e viro as costas…vai ser bom pra mim e pra ela…
         ..Loucura..loucura..loucura…não importa,nunca fui alguém que a sociedade considerasse “normal.”…
Bom jantamos em um restaurante italiano,ate conseguir tomar uma taça de vinho…sei…sei que não é bom afinal estou tomando remédios e mais remédios…mas,quis relaxar e esquecer por alguns minutos que a ultima vez que estive lá foi com minhas amigas pra jantar e celebrar minha gravidez e o nascimento da filha da Bethy… eu era feliz…e sabia…sempre soube que eu era feliz…o que eu não sabia era que minha felicidade corria riscos….
Bom sabendo agora que corro muitos risco na vida,percebi que correr aquele de sair e jantar fora,não foi tão difícil assim…apesar de todo tempo estar com falta de ar e que com diz no livro “A cabana” a grande tristeza estava durante todo tempo comigo…ela tem sido minha companheira…meu inimigo inseparável…foi bom sair com minha família e começar a ensaiar uma volta a vida…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Plugin dos mesmos criadores deBrindes :: More at PlulzWordpress Plugins